O calendário do segundo semestre será bastante agitado. Vêm por aí os festivais de Gramado (7 a 15 de agosto),  de Brasília (de 15 a 22 de setembro), Rio (de 1 a 14 de outubro) e  Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (22 de outubro a 4 de novembro).

Nesta segunda-feira, o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro divulgou a lista de selecionados para sua edição 2015. Entre 130 longas-metragens, 221 médias e 237 curtas-metragens de vários estados inscritos, seis longas e 12 curtas vão disputar os R$ 340 mil em prêmios que o festival distribui. Os seis longas em competição são A Família Dionti, de Alan Minas, com produção de Daniela Vitorino; Big Jato, de Claudio Assis; Fome, de Cristiano Burlan; Para Minha Amada Morta, de  Aly Muritiba; Prova de Coragem, de Roberto Gervitz, e Santoro – O Homem e sua Música. 

Já os 12 curtas e médias-metragens que concorrem ao troféu Cangando, são A Outra Margem, de Nathália Tereza; À Parte do Inferno, de Raul Artuso, Afonso é uma Brazza, de Naji Sidki e James Gama, Cidade Nova, de Diego Hoefel; Command Action,  de João Paulo Miranda Maria, Copyleft,  de Rodrigo Carneiro, História de uma Pena, de Leonardo Mouramateus; O Corpo, de Lucas Cassales; O Sinaleiro, de Daniel Augusto, Quintal, de André Novais Oliveira; Rapsódio para o Homem Negro, de Gabriel Martins, 24min, e Tarântula, de Aly Muritiba e Marja Calafange.

Mariana Ximenes e Armando Babaioff
Adri (Mariana Ximenes) e Hermano (Armando Babaioff ) em cena de ‘Prova de Coragem’, novo longa de Roberto Gervitz

 A comissão de seleção de longas-metragens foi formada pelo montador e professor de cinema Giba Assis Brasil, pelo diretor Jeferson De, pela jornalista e mestre em cinema Juliana Reis e pelos membros da comissão curatorial do Festival, Renato Barbieri e Sérgio Moriconi. Já os curtas e médias foram escolhidos pelo premiado diretor Gabriel Mascaro, pela realizadora e curadora Marcela Borela e por Pablo Gonçalo, também integrante da comissão curatorial geral do evento.

Confira abaixo mais detalhes de todos os longas e curtas selecionados:

Longas

  1. A Família Dionti, de Alan Minas, 97min, RJ, 2015
  2. Big Jato, de Claudio Assis, 92min, PE, 2015
  3. Fome, de Cristiano Burlan, 90min, SP, 2015
  4. Para Minha Amada Morta, de  Aly Muritiba, 115min, PR, 2015
  5. Prova de Coragem, de Roberto Gervitz, 90min, RS, 2015
  6. Santoro – O Homem e sua Música, de John Howard Szerman, 85min30, DF, 2015

Curtas e médias

  1. A Outra Margem – Nathália Tereza, 26 min, MS, 2015
  2. À Parte do Inferno – Raul Artuso, 22min, SP, 2015
  3. Afonso é uma Brazza – Naji Sidki e James Gama, 23min, DF, 2015
  4. Cidade Nova – Diego Hoefel, 14min, CE, 2015
  5. Command Action – João Paulo Miranda Maria, 13min, SP, 2015
  6. Copyleft – Rodrigo Carneiro, 29min30, MG, 2015
  7. História de uma Pena – Leonardo Mouramateus, 30min, CE, 2015
  8. O Corpo – Lucas Cassales, 16min, RS, 2015
  9. O Sinaleiro – Daniel Augusto, 15min, SP, 2015
  10. Quintal – André Novais Oliveira, 20min, MG, 2015
  11. Rapsódio para o Homem Negro – Gabriel Martins, 24min, MG, 2015
  12. Tarântula – Aly Muritiba e Marja Calafange, 20min, PR, 2015

Comentários

comentários