De 24 de junho a 1º de julho o Cinesesc (R. Augusta, 2075) reserva espaço para a Mostra Cinema Contemporâneo do Québec em sua programação para doze longas e sete curtas-metragens, quase todos inéditos no Brasil.

Vale lembrar que recentemente esta região francófona do Canadá revelou ao mundo nomes como Denys Arcand (‘As Invasões Bárbaras’), Xavier Dolan (‘Mommy’) e Denis Villeneuve, que depois de ‘Incêndios’ se tornou um dos diretores mais requisitados do país vizinho na América do Norte, a ponto de ganhar o posto de responsável pela sequência do clássico ‘Blade Runner’.

Por tudo isso, o evento é uma chance de conhecer em primeira mão artistas que já fazem barulho nos festivais menores, e podem engrossar essa respeitável lista em muito breve. Selecionamos cinco filmes dos mais promissores:

3 Histórias Indígenas

Direção: Robert Morin
Com: Shayane Brazeau, Shandy-Ève Grant, Erik Papatie, Alicia Papatie-Pien

Um jovem quer fazer seu próprio transmissor de televisão e divulgar seus programas para a comunidade onde vive. Outro divide o tempo entre seu vilarejo e o Wal-Mart mais próximo, sempre ouvindo música clássica no fone de ouvido. Enquanto isso, um grupo de mulheres constrói um altar para uma antiga líder indígena. O filme, que passou pelo Festival de Berlim em 2014, conta histórias espalhadas por quatro estações que mostram o surgimento de uma nova geração de nativos no Canadá.

Durma, Nicole

Direção: Stéphane Lafleur
Com: Julianne Côté, Catherine St-Laurent, Francis La Haye

Lafleur é um dos jovens cineastas canadenses que mais chamam atenção. Seus trabalhos anteriores tiveram boas passagens em Veneza e Berlim, e este mais recente esteve na Quinzena dos Realizadores de Cannes. O filme acompanha o verão de uma adolescente insone que vê a vida mudar com a chegada da banda do irmão para ensaiar em sua casa.

O Carrossel Humano

Direção: Martin Laroche
Com: Marie-Evelyne Lessard, Marc-André Brunet e Normand Daoust

Depois de passar a infância na África, Sophie se muda para o Canadá, onde alimenta o sonho de ser cineasta, enquanto trabalha num parque de diversões. Seu patrão pede que Sophie faça um vídeo sobre o parque. Mas, ao filmar seus colegas de trabalho, acaba despertando seus próprios traumas do passado.

O Perfil Amina

Direção: Sophie Deraspe

Documentário sobre Amina Arraf, revolucionária síria-americana, que começa uma relação erótica na internet com Sandra Bagaria, um garota de Montreal. Amina cria um blog chamado A Gay Girl in Damasco. Quando explode a revolução síria, o blog alcança grande sucesso. Mas Amina é sequestrada e uma mobilização internacional se organiza para libertá-la.

Whitewash

Thomas Haden Church (indicado ao Oscar pelo incrível ‘Sideways – Entre Umas e Outras’) vive Bruce Landry, que, após uma noite de bebedeiras, atropela um homem. Depois de enterrar o corpo, ele acorda numa floresta coberta de neve sem saber onde está. Mistura de suspense com comédia de humor negro, o filme foi premiado no Festival de Tribeca e já esteve em São Paulo na Mostra Internacional de Cinema.

Veja a programação completa, com outros títulos, locais e horários no site oficial.

Comentários

comentários