40mostra_peqPara quem ainda está montando a programação particular dentre as centenas de sessões da Mostra, um bom ponto de partida pode ser conferir os longas selecionados por seus respectivos países para tentar uma vaga entre os concorrentes finais ao Oscar de melhor filme estrangeiro.

A 40ª edição do festival tem os representantes de dez países: França, Austrália, Bósnia-Herzegovina, Filipinas, Finlândia, Irã, Israel, Palestina, Portugal e Sérvia.

A Academia recebeu este ano o recorde de 85 inscritos para a categoria, incluindo três que foram exibidos por aqui no ano passado: o islandês Pardais (grande vencedor da Mostra-2015), o venezuelano De Longe Te Observo (premiado em Veneza-2015) e o colombiano Alias Maria.

Todos, junto com o brasileiro Pequeno Segredo, escolhido de forma – para ser brando – polêmica, estão na páreo para a lista final, a ser divulgada apenas em janeiro.

Conheça os concorrentes que estão na programação da 40ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo:

Elle (França)
Direção: Paul Verhoeven

Isabelle Hupert está brilhante como uma mulher bem-sucedida que, após ser violentada em sua própria casa, tenta manter a vida normal enquanto se envolve num jogo perigoso de sedução com o vizinho.

Sessões: Sexta (21/10) às 21h40 no Cinearte 1 | Domingo (23/10) às 21h30 no Cinemark Cidade São Paulo | Terça (25/10) às 15h no CineSesc | Quinta (27/10) às 16h10 no Espaço Itaú de Cinema – Augusta 1

Tanna (Austrália)
Direção: Bentley Dean e Martin Butler

Em uma das últimas sociedades tribais do mundo, uma jovem rompe com seu casamento arranjado para fugir com seu amante, desencadeando uma guerra que ameaça o futuro da tribo.

Sessões: Sexta (21/10) às 13h30 no Espaço Itaú Frei Caneca 1 | Sábado (22/10) às 16h no Cine Caixa Belas Artes | Domingo (23/10) às 14h na Cinesala | Quinta (27/10) no Instituto CPFL Campinas | Sexta (28/10) às 20h no Sesc Belenzinho

Morte em Sarajevo (Bósnia-Herzegovina)
Direção: Denis Tanovic

Um hotel luxuoso se torna uma panela de pressão ideológica quando são colocados frente a frente membros da União Europeia e funcionários do estabelecimento, com meses de salários atrasados. O filme levou prêmio do júri e da crítica no último Festival de Berlim e é de autoria do mesmo diretor do já oscarizado Terra de Ninguém (2001).

Sessões: Quinta (27/10) às 15h45 no Espaço Itaú Frei Caneca 1 | Sábado (29/10) às 20h30 no Sesc Osasco | Segunda (31/10) às 13h30 no Espaço Itaú Frei Caneca 2 | Terça (1º/11) às 22h no Espaço Itaú Frei Caneca 3

Ma’Rosa (Filipinas)
Direção: Brillante Mendoza

Ma’ Rosa (Jaclyn Jose, melhor atriz no Festival de Cannes) tem quatro filhos. Ela é dona de uma pequena loja de conveniência em um bairro pobre de Manila, onde todos gostam dela. Para conseguir fechar as contas, Rosa e seu marido, Nestor, vendem drogas em pequenas quantidades. Um dia, os dois são presos e seus filhos farão de tudo para conseguir a liberdade dos pais ante os policiais corruptos.

Sessões: Quarta (26/10) às 21h45 no Espaço Itaú Frei Caneca 1 | Segunda (31/10) às 21h20 na Cinesala | Terça (1º/11) às 13h30 no Espaço Itaú Frei Caneca 1 | Quarta (2/11) às 15h no Cinesesc

O Dia Mais Feliz da Vida de Ölli Maki (Finlândia)
Direção: Juho Kuosmanen

A simpática comédia dramática vencedora da seção Um Certo Olhar no Festival de Cannes acompanha a preparação de um boxeador prestes a disputar o título mundial. Todos à sua volta estão obcecados com a luta, menos ele.

Sessões: Domingo (23/10) às 19h50 no Espaço Itaú Augusta 1 | Segunda (24/10) às 21h50 no Reserva Cultural 2 | Terça (25/10) às 15h40 no Espaço Itaú Frei Caneca 1 | Quinta (27/10) às 15h50 no Espaço Itaú Frei Caneca 2

O Apartamento (Irã)
Direção: Ashgar Farhadi

Com citações à peça clássica Morte de Um Caixeiro Viajante, de Arthur Miller, o filme do iraniano que venceu o Oscar por A Separação (2011) mostra um jovem casal em pé de guerra com o antigo morador do flat para onde se mudam. Vencedor dos prêmios de roteiro e ator (Shahab Hosseini) no Festival de Cannes.

Sessões: Quinta (20/10) às 19h30 no Espaço Itaú Frei Caneca 1 | Sexta (21/10) às 17h50 no CineSesc | Sábado (22/10) às 19h50 no Cinearte 2 | Segunda (24/10) às 21h30 no Cinemark Cidade São Paulo | Domingo (30/10) às 19h50 no Cinesala

Tempestade de Areia (Israel)
Direção: Elite Zexer

Durante uma festa de casamento em uma vila de beduínos em Israel, Jalila se vê na embaraçosa posição de ser anfitriã da união do marido com uma segunda mulher muito mais jovem. Durante a celebração, ela descobre o envolvimento da filha mais velha, Layla, com um garoto da universidade —uma relação proibida, que envergonharia a família. Vencedor do Grande Prêmio do Júri na seção World Cinema Dramatic no Festival de Sundance.

Sessões: Quinta (20/10) às 15h20 no Espaço Itaú Augusta 1 | Sexta (21/10) às 17h no Circuito Spcine Olido | Sábado (22/10) às 19h40 no Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca 3 | Sexta (28/10) às 19h no Espaço Itaú Frei Caneca 1 | Sábado (29/10) ás 15h10 no Espaço Itaú de Cinema Frei Canceca 5

O Ídolo (Palestina)
Direção: Hany Abu-Assad

Nessa história inspirada em fatos reais, Mohammed Assaf, um cantor de casamentos que vive em Gaza, tem um objetivo quase impossível: competir no programa Arab Idol. Do mesmo diretor de Paradise Now (2005).

Sessões: Quinta (20/10) às 19h no Cinemark Cidade São Paulo | Domingo (23/10) às 16h no Circuito Spcine (vários endereços) | Terça (25/10) às 20h no Sesc Campo Limpo | Sábado (29/10) às 15h30 no Cinearte 1 | Segunda (31/10) às 16h45 no Espaço Itaú Frei Caneca 2

Cartas da Guerra (Portugal)
Direção: Ivo Ferreira

António vê sua vida ser brutalmente interrompida quando é enviado pelo Exército português para servir como médico em uma das piores zonas da Guerra Colonial Portuguesa —o leste de Angola. Aspirante a escritor, longe de tudo que ama, ele escreve cartas à mulher enquanto se afunda em um cenário de crescente violência. Na incerteza dos acontecimentos da guerra, apenas as cartas o motivam a sobreviver.

Sessões: Domingo (30/10) às 21h10 no Reserva Cultural 2 | Segunda (31/10) às 17h10 no Espaço Itaú Frei Caneca 3 | Terça (2/11) às 19h30 no Espaço Itaú Augusta 1 | Quarta (2/11) às 21h10 no Cine Caixa Belas Artes

Diário de um Maquinista (Sérvia)
Direção: Milos Radovic

Durante a carreira profissional, todo maquinista de trem mata de 20 a 30 pessoas acidentalmente. As vítimas geralmente são suicidas, bêbados ou apenas desatentos. Essa é uma comédia trágica sobre assassinos inocentes e suas vidas.

Sessões: Sábado (22/10) às 17h15 no Espaço Itaú Frei Caneca 1 | Quarta (26/10) às 20h no Sesc Belenzinho | Sexta (28/10) às 18h30 no MIS | Domingo (30/10) às 14h no Espaço Itaú de Cinema Augusta 4

Comentários

comentários